Exame PCR deixa de ser obrigatório para entrar em Bernardo de Irigoyen

Share Button

Após intensos trâmites realizados pelo Prefeito Municipal de Bernardo de Irigoyen, Guillermo Fernández, perante as autoridades provinciais, deixou de ser obrigatória a apresentação de uma PCR para visitar as cidades vizinhas. 

Na semana passada, o protocolo ou requisitos impostos para a reabertura do Passe Internacional Bernardo de Irigoyen Dionísio Cerqueira preocupavam os residentes, já que um dos requisitos, o PCR, teste diagnóstico para coronavírus, tem custo elevado e é difícil acesso para residentes na fronteira. 

Após as providências tomadas pelo Governador, Dr. Oscar Herrera Ahuad, perante as autoridades nacionais, isso deixou de ser uma exigência. Desde ontem os vizinhos de Bernardo de Irigoyen ou Dos Hermanas devem apresentar o teste rápido negativo no Brasil, que é feito no Centro de Saúde da Alfândega Argentina, gratuitamente; e cujo resultado leva 15 minutos para sair, além da carteira de vacinação com as duas doses e documento que comprove residência em nosso município.

O morador de Irigoyen tem 24 horas para retornar. É preciso lembrar que a alfândega brasileira permite a passagem de veículos das 8 às 18 horas. Os moradores dos municípios que compõem o Consórcio de Fronteira (Dionísio Cerqueira, Barracão, Bom Jesus do Sul, Bernardo de Irigoyen) não pagam o teste rápido para entrar na Argentina. Sim, brasileiros de outras cidades pagam, $ 3.000 e no caso de viajar para outros destinos na Argentina, também é solicitado o PCR. Em todos os casos com cartão de vacinação completo.

Portal Tri e Assessoria de Comunicação de Bernardo de Irigoyen

MAIS

Portal da TransparênciaCaderno de Ações

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta das


08:00 às 11:30 e das 13:30 às 17:00

+55 (49) 3644 - 4366


ENDEREÇO


Avenida Brasil nº33, Bairro Alvorada, Anexo a Estação do Ofício - Barracão - Paraná - Brasil


CIF - Consórcio Intermunicipal da Fronteira ® 2022 Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: PORTAL TRI