Lideranças da União Europeia visitam o CIF para debater combate a crimes transfronteiriços

Share Button

 

 

1Na manhã desta quinta-feira (26), teve início a jornada de trabalho entre Brasil e Argentina, na sede do Consórcio Intermunicipal da Fronteira – CIF, relacionada a segurança transfronteiriça de cidades de fronteiras, neste caso Barracão, Bernardo de Irigoyen e Dionísio Cerqueira.

 

O objetivo do encontro é debater o modelo de segurança implantado na União Europeia e como ele pode auxiliar a realidade encontrada na tri fronteira.

 

Participam do encontro representantes das lideranças locais e de segurança dos dois países e representantes do programa “El Paccto” (Programa de Assistência Contra o Crime Transnacional Organizado), da França.

 

O “El Paccto” responde às demandas dos países e, com o apoio seu apoio, Brasil e Argentina pretendem fortalecer a cooperação. Para isso, a expertise dos representantes franceses é importante.

 

O encontro no CIF tem início após uma reunião em 31 de março deste ano, envolvendo os ministros do Interior e de Segurança dos estados membros do Mercosul, que solicitaram apoio do El Paccto para a cooperação. Ao todo, participam do programa 18 países da América Latina e 28 países da União Europeia.

 

O coordenador do El Paccto na União Europeia, Pascal Benítez, também esteve presente e reconheceu que para que ocorram os avanços é necessário implantar o intercâmbio de informações. “A tri fronteira é um lugar propício para começar a fortalecer a cooperação. Na França também temos fronteiras semelhantes, então é uma problemática geográfica que conhecemos”.

 

O diretor de Vigilância e Controle de Fronteiras da Argentina, Vicente Luis Autiero, comentou o envolvimento de vários órgãos argentinos envolvidos, além da Polícia e da Gendarmeria, como a Aduana, o setor de Migração e a Senasa.

 

“Pretendemos começar a trabalhar e implementar o El Paccto para combater o crime organizado. É um desafio especial iniciar aqui, no CIF, onde as populações convivem diretamente. O El Paccto promove a sinergia, e as forças tem possibilidade de intercambiar informações e organizar operações, cada um em seu país, com rapidez para investigar e combater”.

 

O prefeito de Dionísio Cerqueira e presidente do CIF, Thyago Gnoatto, destacou o trabalho para o combate ao crime organizado e transfronteiriço. Segundo ele, para ser combatido é necessário a integração entre os dois países. “Não adianta a Argentina ou o Brasil trabalhar de forma isolada, porque isso dificulta o combate a esse crime que não tem fronteiras, então é preciso essa integração e esse trabalho em conjunto, não só as polícias mas outros órgãos incumbidos da segurança”.

 

Também participaram o prefeito de Barracão, Marco Zandoná; o prefeito de Irigoyen, Guillermo Fernandez; comandante das polícias militares de Barracão e Dionísio; comandante da Polícia de Bernardo de Irigoyen, delegados da Polícia Civil e Federal, bem como lideranças dos dois países.

MAIS

Portal da TransparênciaCaderno de Ações

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta das


08:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:00

+55(49) 3644 - 4366


ENDEREÇO


Avenida Brasil nº33, Bairro Alvorada, Anexo a Estação do Ofício - Barracão - Paraná - Brasil


CIF - Consórcio Intermunicipal da Fronteira ® 2020 Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: PORTAL TRI